<br>
Questionado como comandante do Grêmio, o treinador Celso Roth depende de um bom resultado na estréia do Tricolor no Campeonato Brasileiro, neste sábado, contra o São Paulo às 18h10 no Morumbi. A má apresentação de seu time no amisotoso contra o Avaí fez o Roth balançar no cargo.

Dirigentes gremistas se reuniram com o treinador nesta segunda-feira e o apoiaram no cargo. Porém, conselheiros do clube pressionaram os cartolas para demitirem Roth e contratar, em seu lugar, Tite. No entanto, o vice de futebol André Krieger, preferiu dar mais uma oportunidade para Roth.

"Não dá para esconder. Futebol é resultado", comentou o cartola sobre o atual momento do Grêmio.

Em apenas uma semana o Grêmio perdeu o semestre ao ser eliminado da Copa do Brasil pelo Atlético-GO e cair no Campeonato Gaúcho ainda nas quartas-de-final.

<b>LEIA MAIS</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=24950>Tcheco volta e é o novo reforço do Grêmio

Sem mais artigos