O armador Rajon Rondo conseguiu um duplo-duplo e os pontos decisivos na prorrogação que permitiram ao Boston Celtics vencer, em casa, por 93 a 91 o Miami Heat, na quarta partida da série melhor de sete jogos dos playoffs da Conferência Leste da NBA, agora empatada em 2 a 2.

Rondo marcou 15 pontos e deu 15 assistências, e foi o responsável pelos três últimos pontos da prorrogação, que decidiram a vitória dos Celtics.

Os Heat, apesar de chegarem a ter ficado com 18 pontos atrás no placar, tiveram tanto no tempo regulamentar como na prorrogação a possibilidade de ter conseguido a vitória.

A ausência nos últimos minutos do ala dos Heat, LeBron James, e da baixa de novo do ala-pivô Chris Bosh, pesou contra o time de Miami na prorrogação, contra a boa defesa dos Celtics.

O ala-pivô Kevin Garnett dos Celtics também conseguiu um duplo-duplo de 17 pontos e 14 rebotes que o manteve como jogador decisivo da série e de toda a fase final como acontece com Rondo.

O ala Paul Pierce voltou a ser o cestinha dos Celtics ao conseguir 23 pontos antes de ter que deixar a partida ao ser eliminado por faltas pessoais.

Mas foi a grande defesa montada pelos Celtics no segundo tempo que lhes permitiu vencer a partida e voltar para Miami com a eliminatória empatada.

James, antes de ser eliminado, converteu 29 pontos, pegou seis rebotes e deu três assistências, mas cometeu nada menos que sete turnovers.

O ala-armador Dyane Wade, que teve o último arremesso da partida e poderia ter dado a vitória aos Heat, conseguiu 20 pontos, pegou sete rebotes e deu seis assistências.

A vitória dos Celtics assegura que ambas as equipes se enfrentem pelo menos duas vezesmais, na quinta partida que será jogada na próxima terça-feira no American Airlines Arena, de Miami, e na sexta, que terá de novo como palco o TD Banknorth Garden, de Boston.

Sem mais artigos