Grande vencedor da categoria peso-pena do TUF, o lutador Rony Jason ficou bastante chateado, e chegou até a chorar momentos antes de derrotar Godofredo Pepey, ao ser proibido de usar sua máscara durante a realização do UFC147, na noite do último sábado (23), em Belo Horizonte. Para Dana White, presidente do UFC, a proibição não passou de uma falha.

“Foi um erro do nosso organizador”, garantiu o chefão no UFC no Twitter, ao ser questionado por fãs brasileiros na rede social.

Ao prantos, Rony Jason teve que adentrar ao octógono com sua máscara nas mãos, sendo sempre orientado por seguranças para que ele não a colocasse no rosto.


Sem mais artigos