Neste sábado(20), das 10h às 17h, acontece a terceira edição do Circuito Aventura no Parque Regional da Criança, que fica na rua Itamarati, 536, Jaçatuba, Santo André. O evento espera reunir cerca de 5 mil pessoas e faz parte da comemoração do dia nacional de luta da pessoa com deficiência. Haverá aulas de body balance, axé, body combat e forró, apresentações de teatro, jump fit e dança. Além de esportes de aventura, como tirolesa, rapel, ponte de corda e parede de escalada. “É um evento voltado para a população em geral, mas visa a inclusão do deficiente”, disse Ivan Teixeira Cardoso, coordenador do Circuito Aventura. O evento tem como objetivo estimular a participação das pessoas deficientes em atividades desafiadoras que proporcionem prazer, interação social, auto-superação e valorização da auto-estima, o que leva a uma reflexão por parte da sociedade de que as desvantagens podem ser superadas com conhecimento, criatividade e força de vontade. “A comunidade vê o esporte de aventura sendo praticado por pessoas perfeitas. No ano passado, por exemplo, houve pessoas com paralisia cerebral participando das atividades mais radicais, das quais muitas pessoas têm medo. Para que todos possam participar, haverá uma graduação de dificuldades nas atividades, sempre com monitores”, afirmou Cardoso. “A deficiência não é um fator que delimita a pessoa, quando se faz um trabalho bem enfocado”.

Sem mais artigos