Brasileiro naturalizado espanhol, o atacante Diego Costa era uma das principais dúvidas da lista final do técnico Vicente Del Bosque para a Copa do Mundo de 2014. Se recuperando de uma micro ruptura no bíceps femoral da perna direita, o jogador recebeu a confirmação de que estava entre os 23 convocados no último sábado (31) e prometeu estar pronto para iniciar o jogo de estreia do Mundial, diante da Holanda, no dia 13 de junho, na Arena Fonte Nova.

“Acredito que já me encontro muito bem, me tratei essa semana depois da Champions  e antes eu não tinha tempo para me recuperar. Agora quero treinar, porque estou a quase uma semana sem fazer nada, o que importa é treinar um pouco. Se posso chegar ao primeiro jogo da Copa? Claro que sim, porque não?”, questionou o atacante, em sua chegada a concentração da seleção espanhol na Ciudad del Fútbol de Las Rozas, em Madrid, nesta segunda-feira (02).

Sobre a possibilidade de já treinar com o elenco completo e até mesmo participar do amisos contra El Salvador, no sábado (07), em Washington, nos Estados Unidos, Diego Costa foi mais cauteloso.

“Por mim eu treinar, mas não vão deixar”, disse o jogador. “Tenho que falar com os médico, mas acredito que posso jogar sim (contra o Panamá), Estou muito feliz. É uma coisa especial para mim viver uma situação como essa. Oxalá posso fazer tão bem (na Copa) como fiz nesta temporada”, concluiu.

A Espanha está no Grupo B da Copa do Mundo de 2014 e terá como adversários a Holanda, rival do primeiro jogo, o Chile e também a Austrália.

Sem mais artigos