O Palmeiras disparou na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o Sport no Pacaembu por 2 x 0, com Wesley marcando os dois gols e sendo o grande destaque da partida. A Chapecoense, vice-líder da competição, foi derrotada pelo ABC pelo mesmo placar, e viu o Verdão se distanciar na frente.

O placar foi inaugurada a 1 minuto de jogo. Wesley recebeu de Juninho no meio e soltou uma bomba no ângulo de Magrão, que nada pode fazer. Com o gol, o Sport foi pra cima e quase empatou com Felipe Azevedo, mas Fernando Prass defendeu com a ponta dos dedos. O goleiro palmeirense ainda fez outras boas defesas, sendo um dos destaques do jogo.

Na volta para o segundo tempo, a novidade foi Charles no lugar de Alan Kardec, pois o atacante sentiu dores de cabeça, depois de se chocar com o zagueiro Pereira, do Sport. Jogando no contra-ataque, o Palmeiras fez seu segundo gol após bela jogada de Wesley, que bateu de fora da área, marcando outro golaço.

Aos 20 minutos, o Sport perdeu Tobi expulso, por falta em Valdivia e levar o segundo amarelo. Contudo, a equipe pernambucana ainda pode descontar com Rithely, que subiu mais que todo mundo para cabecear, depois de uma falta cobrada na lateral, e diminuir: 2 x 1.

O Verdão ainda teve chance de fazer o terceiro com Luis Felipe que recebeu lançamento de Felipe Menezes e ficou cara a cara com Magrão, mas não o lateral palmeirense aproveitou.  Com o resultado o Palmeiras chegou a 55 pontos, nove a mais que a Chapecoense.

Agora, o time volta a campo no próximo sábado, contra o América de Natal, às 16h20, novamente no Pacaembu. Já o Sport encara o Bragantino, em Bragança, na mesma data e hora.

Ficha Técnica:

Palmeiras 2 x 1 Sport

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)

Público e renda: 21.054 pagantes / R$ 729.525,00

Árbitro: Célio Amorim (SC)

Auxiliares: Helton Nunes (SC) e Rafael da Silva Alves (SC)

Cartões amarelos: Rithely, Pereira, Tobi e Felipe Azevedo (SPO); Wesley (PAL)

Cartões vermelhos: Tobi, aos 20’2ºT (SPO);

Gols: Wesley, a 1’1ºT (1-0) e aos 9’2ºT (2-0); Rithely, aos 35’2ºT (2-1);

Palmeiras: Fernando Prass, Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Wesley (Eguren, aos 40’2ºT) e Valdivia (Felipe Menezes, aos 28’2ºT); Ananias, Vinicius e Kardec (Charles, Intervalo). Técnico: Gilson Kleina

Sport: Magrão, Tobi, Pereira e Vinicius Simon; George Lucas (Chumacero, aos 11’2ºT), Anderson Pedra (Aílton, aos 14’2ºT), Rithely, Marcelo Cordeiro e Lucas Lima (Oswaldo, aos 25’2ºT); Felipe Azevedo e Marcos Aurélio. Técnico: Geninho

Sem mais artigos