<br>
O São Paulo não levou 3 pontos do Mineirão, mas foi como se fosse. Nesta quarta-feira, o Tricolor foi até Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG e arrancou um empate – 0 a 0 – com sabor de vitória.

Com o resultado, o time mineiro chega aos 42 pontos e termina o dia em 10º lugar; o Galo aguarda o jogo entre Sport e Fluminense, nesta quinta-feira, que também somam a mesma pontuação.

Como Rogério Ceni disse no final da partida, o São Paulo "não mostrou inspiração". Jorge Wagner e Souza colocaram bolas na trave e Dagoberto teve algumas chances. No mais, o time não deu muito trabalho para o Atlético-MG.

Do lado da equipe do treinador Leão, Danilinho foi o atacante mais perigoso. Mas foi de Thiago Feltri o chute de fora da área que Rogério Ceni teve de defender em dois tempos.

Na segunda etapa, as duas equipes continuaram mornas. Borges entrou no lugar de Aloísio, mas o São Paulo continuava apático. Os donos da casa achavam espaços, mas as jogadas não levavam perigo à zaga são-paulina.

A emoção estava guardada para o fim: aos 43 minutos do segundo tempo, Richarlyson fez pênalti em Danilinho. O ex-corintiano Coelho cobrou e Rogério Ceni defendeu. O goleiro do São Paulo, porém, se adiantou e causou a ira dos atleticanos.

As duas equipes voltam a atuar no Brasileirão no próximo sábado. O Atlético-MG vai até Florianópolis pegar o Figueirense, enquanto o São Paulo enfrenta o Vasco em São Januário. As duas partidas começam às 4 horas da tarde.

Sem mais artigos