O técnico da Inglaterra, Roy Hodgson, relatou preocupação com a logística da Copa do Mundo do Brasil em 2014. As dimensões continentais do país, as variadas temperaturas e até os insetos são algumas das preocupações do treinador inglês.

Em entrevista coletiva, ao lado dos técnicos das outras seleções que compõem o Reino Unido, Hodgson demonstrou que teme até por uma desclassificação para a segunda fase da Copa do Mundo em consequências de problemas de adaptação climática. “Se você estiver em Porto Alegre, precisará de um casaco de pele. E, se você estiver em Manaus, vai se deparar com 40 ou 50 graus de calor e muitos pernilongos”, declarou o técnico inglês.

Outra preocupação de Hodgson é com as acomodações que o Brasil destinará para as equipes. Apesar de já ter analisado possíveis concentrações em Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, ele não esconde o descontentamento com a demora em se definir os hotéis e campos de treinamento credenciados oficialmente pela FIFA. “Você não vai querer escolher necessariamente um hotel com um local de treinamento que não gosta e vice-versa.”, disse o inglês.



Com receio de pernilongos, técnico inglês mostra preocupação com logística da Copa de 2014

Sem mais artigos