<br>
A assessoria de imprensa do Palmeiras confirmou ao <b>Virgula</b> que o Palestra Itália será sede da segunda partida das semifinais entre Palmeiras e São Paulo, pelo Campeonato Paulista. Vinte e cinco mil ingressos serão colocados à venda. Para a torcida tricolor, serão destinados apenas 10% dos ingressos. Segundo a assessoria palmeirense, este número é uma ‘resposta’ à postura do São Paulo de só colocar entradas do setor amarelo do Morumbi para os fãs alviverdes.

Uma fonte ligada à federação confirmou ao <b>Virgula</b> que foram entregues três laudos nesta quarta-feira: do Estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto, Santa Cruz, em Ribeirão Preto, e do Palestra. O laudo da Polícia Militar referente ao estádio do Verdão liberava o local para receber a partida. Assim, o Palmeiras vence uma queda de braço com parte da FPF e com o São Paulo, que estava prestes a mandar os dois jogos no Morumbi.

Desde a definição dos semifinalistas do estadual – Guaratinguetá e Ponte Preta x Palmeiras e São Paulo -, no último domingo, a polêmica em torno do local da segunda partida toma conta dos bastidores do futebol paulista.

Na última terça-feira, a FPF recebeu uma documentação do Ministério Público que vetava o Palestra Itália para a partida. Naquele momento, o presidente da Federação, Marco Polo del Nero, disse que considerava "difícil" a realização do jogo no estádio alviverde e chamou o gramado do Parque Antarctica de "estragado".

<b>LEIA TAMBÉM:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=24647>Presidente da FPF recebe documento vetando Palestra Itália</a>

Sem mais artigos