Zebras e surpresas da história da Copa das Confederações

<strong>Arábia Saudita (1992):</strong> A primeira edição da Copa das Confederações, antes conhecida como Copa Rei Fahd, foi disputada na Arábia Saudita e a seleção local foi a grande 'zebra'. Depois de derrotar os Estados Unidos, que sediariam o mundial dois anos depois, por 3 a 0, os sauditas deram trabalho na final para a campeã Argentina

A Copa das Confederações, disputada desde 1992 e que este ano chega a sua nona edição, terá partidas entre algumas das maiores seleções do mundo, campeãs mundiais e favoritas ao título, como Brasil, Espanha, Itália e Uruguai. Porém, como todo torneio de futebol que se preze, a competição também conta com as equipes consideradas pequenas por sua tradição no esporte.

Na edição deste ano, que acontecerá no Brasil, Taiti, Nigéria, México e Japão lutam pelo título de azarão da vez e tentarão estragar a festa dos gigantes do futebol mundial.

E no terceiro especial do Virgula Esporte sobre a Copa das Confederações, destacamos na galeria acima a lista completa com as principais zebras e surpresas da competição em suas oito edições já disputada. De Arábia Saudita vice-campeã até a ofensiva Turquia de 2003, separamos seleções que, tanto positivamente como negativamente, ainda é lembrada pelos feitos passados.

Já abaixo, colocamos alguns nomes daqueles que podem se tornar uma das grandes zebras da Copa das Confederações de 2013 para você opinar.

Copa das Confederações: relembre as principais zebras e surpresas da competição

Sem mais artigos