<br>
Já são 25 times classificados para a Copa Libertadores 2008. Destes, três brasileiros prometem trazer de volta seu passado glorioso na disputa do torneio sul-americano e brigar pelo título da competição.

O São Paulo, tri-campeão, tem uma história especial com a Libertadores. Os torcedores comparecem em massa ao Morumbi e o time parece crescer quando está disputando este campeonato. Como campeão brasileiro, entra como favorito na briga pelo troféu.

O Santos, primeiro campeão brasileiro da Libertadores, em 1962, soma dos títulos (62 e 63) e um vice-campeonato, em 2003 (derrota para o Boca Juniors). No ano passado, caiu nas semifinais diante do Grêmio.

Campeão em 1981, o Flamengo volta à disputa da Copa Libertadores em 2008. Os rubro-negros não esquecem este título, que levou o Mengão à Tóquio, onde a equipe carioca sagrou-se campeã mundial ao vencer o Liverpool, por 3 a 0.

O Fluminense, apesar de nunca ter vencido uma Copa Libertadores, tem tudo para desempenhar um bom papel. O Tricolor carioca volta a disputar a competição depois de 23 anos. Em apenas duas ocasiões – 1971 e 1985 – o Flu participou da Libertadores. Em ambas, saiu na primeira fase.

Cruzeiro, Palmeiras e Grêmio são os três times brasileiros que ainda lutam pela última vaga para a Libertadores. Quem está mais próximo é o Verdão, campeão em 1999, que só precisa vencer o próximo jogo para se garantir no torneio sul-americano.

<b>De olho nos concorrentes</b>

Alguns dos principais times da América do Sul já garantiram vaga na Libertadores do ano que vem. Pelo lado argentino, Boca Juniors, River Plate, Estudiantes, Arsenal, San Lorenzo e Lanús brigarão para manter a taça da comeptição em terras portenhas, já que o Boca Juniors venceu a edição deste ano.

O Real Potosí, da Bolívia, também já confirmou presença. O clube mete medo nos adversários. Motivo: manda seus jogos em uma altitude de quase 4 mil metros.

O Uruguai será representado pelo Nacional, campeão em 1971, 80 e 81. O Nacional de Medellín, da Colômbia, tentará repetir em 2008 a façanha de 1989, quando conquistou o título. Outro campeão estará na edição da Libertadores do ano que vem: o Colo Colo, do Chile, vencedor em 1991.

O Peru também já tem seu representante, e será um estreante: o Universidad San Martín, fundado em 2004. Os chilenos do Audax Italiano já se garantiram na disputa da competição no ano que vem.

A LDU, do Equador, e Sportivo Luqueño, Libertad e Cerro Porteño, do Paraguai, também farão parte dos times que brigaram pela taça do torneio. O Uruguai ainda contará com o Danubio e o Montevideo Wanderers.

Por fim, a Venezuela terá o Caracas, Unión Maracaibo e o Mineros de Guayana como seus representantes em mais uma edição da Libertadores. Resta saber qual brasileiro se juntará a São Paulo, Santos, Flamengo e Fluminense na disputa do torneio mais importante da América do Sul.

<b>Veja também:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/galeria/index.php?id=13075>Confira a seleção dos PIORES do Brasileirão!</a>

Sem mais artigos