<br/>
Diz o ditado que um bom time começa por um bom goleiro. Por isso mesmo o Corinthians deverá fazer de tudo pra contar com Felipe na próxima temporada, uma vez que finalmente, após cinco anos, desde a saída de Dida, o Timão achou um ídolo para a posição. "Espero que ele fica uns três, quatro anos na equipe", pediu Tobias, ex-goleiro e um dos maiores ídolos da história do Corinthians.

Em seus 97 anos, o Corinthians teve grandes goleiros defendendo sua meta, muitos se tornaram ídolos e são lembrados até hoje, são os exemplos de Gilmar dos Santos Neves, Tobias, Ronaldo e Dida que defenderam o clube por longos períodos.

Gilmar, o primeiro goleiro de destaque do Corinthians defendeu o clube no período de 1951 a 1961 e assim como Ronaldo (1987-1997) foi o dono da camisa 1 por dez anos.

Tobias, ídolo após a semifinal contra o Fluminense na partida marcada pela invasão ao Maracanã e pelo título paulista de 77, defendeu o Timão por cinco anos (1975-1980). Dida, em suas duas passagens pelo Corinthians defendeu o clube por pelo menos três anos (1999-2000/ 2001-2002).

<b><a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/gatorade_esporte/nota.php?ID=22427>Ex-goleiros do Timão torcem para diretoria segurar Felipe</a>

Sem mais artigos