O português Cristiano Ronaldo, que levou na última segunda-feira (13) sua segunda Bola de Ouro em Zurique, superando Lionel Messi e Frank Ribèry, reconheceu à agência britânica PA que nas férias pensou na possibilidade de deixar o Real Madrid e voltar para o Manchester United, onde jogou de 2003 a 2009.

O jogador afirmou que tem um carinho enorme pelo ex-time. “Eu pensei sobre o United porque ainda está em meu coração. É um clube onde joguei seis anos e gosto muito. Tenho muitos amigos ali e desejo o melhor”, confessou o atacante.

Foi a insistência do defensor e ex-companheiro do português, Rio Ferdinand, que o fez pensar em deixar o Santiago Bernabéu e voltar para Old Trafford. “É verdade que Rio (Ferdinand) falou muito comigo. É um grande amigo meu, jogamos muitos anos juntos no Manchester United e éramos vizinhos quando vivia ali. Ele é fantástico e tentou que eu mudasse de opinião”, afirmou o português, de 28 anos.

Antes de conhecer o veredito de ontem a noite, o defensor inglês mostrou seu apoio a Ronaldo em sua conta no Twitter. “Se Cristiano não ganhar a Bola de Ouro esta noite… saio correndo nu! E não será uma vista agradável! Vamos CR7!” brincou. Posteriormente, Ferdinand o felicitou de novo em tom cômico. “Bem feito Cristiano. Uma segunda Bola de Ouro bem merecida. Trabalho duro recompensado em 100%. Todas as horas que passei te ensinando a marcar gols, etc!”, ironizou o inglês.

Sem mais artigos