Nesta terça-feira, o técnico Dario Pereyra foi demitido pela diretoria da Portuguesa. Segundo o treinador, divergências internas foram os motivos de sua saída. “O trabalho vinha sendo realizado de acordo com o planejado, pois estávamos conseguindo atingir o objetivo proposto no início da temporada, que era estar entre os quatro que avançam a segunda fase. Além disso, não perdíamos há quatro partidas e havíamos conseguido bons resultados. Fui pego de surpresa, pois se isso tivesse ocorrido no começo do campeonato, eu entenderia”, comentou Dario.

O treinador fez questão de afirmar que deixa a Lusa numa boa condição e com grandes chances de classificação no Paulista. “Estão faltando duas rodadas para o final desta fase e a Portuguesa vai enfrentar dois times que estão abaixo na classificação, teoricamente com boas chances de sair com a vitória. Isso demonstra que houve uma evolução, depois de enfrentarmos problemas no início, o time se recuperou e vem mostrando um bom futebol”, opinou o uruguaio.

Para o futuro, o técnico não tem nada planejado. “Agora, é olhar para frente e aguardar uma oportunidade de dar continuidade ao meu trabalho e uma outra agremiação”, finalizou.

Sem mais artigos