David Nalbandian encerrou sua carreira como tenista profissional com um jogo de despedida com derrota para Rafael Nadal por 6-3 e 6-4, em um dia de muita emoção em Buenos Aires.

Desta maneira, o espanhol teve sua ‘revanche’ da derrota que tinha sofrido para o tenista local homenageado na quinta-feira (21), quando Nalbandian venceu por 6-4 e 7-6 (6).

Para completar a festa de homenagem a Nalbandian, depois do jogo de simples se somaram o sérvio Novak Djokovic e o também argentino Juan Mónaco para jogar uma partida de duplas.

Os sorrisos e a alegria se misturaram com a nostalgia e a emoção na última partida de Nalbandian para seu público, e com o número um e o dois do mundo em quadra.

Entre as brincadeiras da tarde, Djokovic se vestiu de médico e atendeu uma suposta lesão de Nalbandian.

As quase 10.000 pessoas que foram ao evento aplaudiram o ídolo local e reconheceram com uma ovação Rafael Nadal, que voltou a Buenos Aires após oito anos de sua última apresentação no torneio ATP local.

Também houve tempo para uma ovação a Djokovic, que visita a Argentina pela primeira vez e depois de passar pelo Chile.

Nalbandian, de 31 anos conquistou 11 títulos, e terminou em terceiro no Ranking da ATP em 2006.

Com 13 anos de carreira, Nalbandian com lágrimas nos olhos, agradeceu a todos pelo carinho e pelo apoio.

Sem mais artigos