Contratado como grande estrela internacional em 2010, o meia Deco, do Fluminense, não conseguiu emplacar o mesmo futebol que o consagrou na Europa. Aos 33 anos, o luso-brasileiro vem sofrendo com uma série de lesões desde que chegou a Laranjeiras.

Se preparando para a disputa do Campeonato Brasileiro, Deco ainda não sabe se terá condições de atuar plenamente.

Constantemente questionado pela torcida, o meia afirma que, por respeito ao clube, pode até rescindir o contrato.

“Não existe um acordo, existe um respeito entre duas pessoas. Quando alguma delas perceber que não está valendo a pena continuar podemos entrar em um acordo”, declarou o ex-astro do Barcelona e da seleção portuguesa.

Em entrevista no clube, o jogador ainda fez questão de negar que tenha se recusado a jogar nos minutos finais da desclassificação tricolor da Libertadores, no duelo contra o Libertad.

“Temos que continuar trabalhando e não ligar para as coisas que ficam saindo na imprensa. Infelizmente estamos tendo um primeiro semestre conturbado. As coisas deveriam ser sanadas internamente para que o trabalho pudesse fluir”, completa Deco. 

Deco afirma que pode rescindir com o Fluminense

Sem mais artigos