Um dos principais jogadores do atual elenco do Fluminense, o meia Deco anunciou nesta segunda-feira (26) sua aposentadoria do futebol. Em nota oficial divulgada por sua assessoria, o jogador relata a tristeza de pendurar as chuteiras aos 35 anos de idade, que serão completados nesta terça, por conta das diversas lesões que teve na atual temporada

“É com muita tristeza e pesar que comunico o fim de minha carreira como atleta profissional. Os últimos minutos na quarta feira pelo Fluminense foram os últimos dos 17 anos dentro de campo como jogador de futebol. Gostaria muito de continuar até o final desta Brasileiro e ajudar a colocar a equipe novamente na Libertadores. Mas não estou conseguindo. Quero agradecer ao Fluminense, Celso Barros e todos que trabalharam comigo nestes 3 anos e me deram a oportunidade de jogar no futebol brasileiro. Mais do que isso, pude participar e ajudar a conquistar dois títulos Brasileiros e mais o Campeonato Carioca”, disse.

“Fui muito feliz nesta período no clube. Gostaria muito de ter ajudado muito mais o Fluminense, mas o meu corpo não me permitiu. Deixo claro que me dediquei, esforcei e muitos me apoiaram para que eu seguisse até o final de ano. Fisicamente poderia jogar, mas os meus músculos não suportam mais. Obrigado a todos e pela confiança e carinho”, completou o jogador do Fluminense em nota.

Após sentir sua quarta lesão muscular na temporada durante o treino da última quarta-feira (21), o meia luso-brasileiro optou pela aposentadoria. Em 2013, cada minuto do camisa 20 em campo custou nada menos que R$ 7.647,05 aos cofres do clube.

Por conta dos problemas musculares, Deco atuou em apenas 14 partidas nesta temporada, sem marcar nenhum gol. No mesmo período do ano passado, o camisa 20 esteve em campo 28 vezes.

Deco anuncia aposentadoria do futebol: ‘Meus músculos não suportam mais’

Sem mais artigos