Há mais de uma década que os torcedores de Nápoles não sabiam qual era a sensação de ir ao estádio San Paolo e ver o time da casa perder para o Milan.

O tabu foi quebrado nesta segunda-feira.
Os responsáveis pelo fim da longa invencibilidade napolitana foram os atacantes Robinho e Ibrahimovic, autores dos dois gols que deram a vitória ao Milan.

Aos 22 minutos do primeiro tempo, o ex-santista tabelou com Oddo e bateu de primeira, de esquerda, no canto do goleiro De Sanctis. Já na segunda etapa, Ibrahimovic aumentou o placar de cabeça com um novo cruzamento de Oddo. Lavezzi ainda descontou para os napolitanos.

A torcida do Napoli deve dedicar boa parte da responsabilidade pelo revés para Pazienza. O jogador foi expulso infantilmente ao colocar a mão na bola duas vezes e tomar dois cartões.

Com a vitória, o Milan vai a 17 pontos e permanece na vice-liderança do campeonato italiano, dois pontos atrás da Lazio. Já o Napoli tem 12 pontos e está em sexto.

Sem mais artigos