A presidente Dilma Rousseff (PT) designou na noite da última terça-feira (1º) o general Fernando Azevedo e Silva para presidir a Autoridade Pública Olímpica (APO), a empresa pública encarregada de coordenar a organização dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016.

A designação de Azevedo e Silva foi publicada hoje no diário Oficial da União (DOU) e seu nome, que substitui o ex-ministro das Cidades Márcio Fortes, deverá ser ratificado pelo Senado depois de um comparecimento do general à Comissão de Assuntos Econômicos (CAI).

Azevedo e Silva esteve à frente da comissão responsável pela realização em 2011 da 5ª edição dos Jogos Mundiais Militares e coordenou a participação de 51 atletas das Forças Armadas nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, entre eles a judoca Sarah Menezes, que ganhou o ouro.

A APO coordena a participação dos governos federal, estadual e municipail na organização dos Jogos.

Em sua carreira como atleta, Azevedo e Silva integrou as seleções de vôlei e paraquedismo esportivo das Forças Armadas, antes de se dedicar à administração esportiva militar.

Sem mais artigos