Um dos poucos destaques da Portuguesa no Campeonato Brasileiro de 2013, o atacante Diogo está muito perto de ser anunciado como novo reforço do Palmeiras para o ano do centenário. Aos 26 anos de idade, o jogador termina seu contrato com a equipe do Canindé no próximo dia 31 de dezembro e ficará livre para escolher seu destino.

“Demonstramos o interesse em renovar o contrato com o Diogo, mas ele disse que tinha algumas propostas e precisava analisar, sendo uma delas muito boa do futebol chinês. Estamos aguardando uma resposta dele, mas sabemos que a possibilidade de permanência é mínima”, disse o vice-presidente da Portuguesa, Roberto dos Santos, em entrevista ao Virgula Esporte.

Pessimista quando as chances do camisa 7 seguir na Portuguesa em 2014, Roberto dos Santos se mostrou ciente do interesse do Palmeiras no jogador e colocou o futuro de Diogo nas mão do empresário  Claudio Guadagno.

“Como o vínculo dele com a gente acaba agora, qualquer clube que quiser o Diogo, terá que falar com o empresário dele. Não estipulamos um prazo pra ele nos responder, mas quando trouxemos ele este ano, por seis meses, sabíamos que era apenas para o Campeonato Brasileiro. Mesmo se machucando, ele foi bem. Marcou quatro gols e nos ajudou muito”, afirmou Roberto dos Santos.

De acordo com informação publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo na última sexta-feira (20), o Palmeiras definiu as bases salariais com o jogador e restam apenas alguns detalhes para que o acerto de um ano entre as partes seja feito.

Sonho antigo do Palmeiras, Diogo foi procurado pelo clube em fevereiro deste ano, quando ainda cuidava da sua rescisão contratual com o Olympiacos, da Grécia. Na oportunidade, o atacante tinha sido indicado pelo técnico Gilson Kleina, que permanece no clube e já deu sinal verde para a chegada do atleta;

Segundo apurou o Virgula Esporte, Diogo tem em mãos uma proposta milionária do futebol chinês e ficou muito tentado. Porém, o desejo de Cláudia, mãe do jogador e uma das pessoas mais influentes na carreira do atacante, não pretende morar na China.

Revelado pela Portuguesa em 2006, Diogo voltou ao futebol brasileiro em 2013 após passagem sem sucesso pelo Olympiacos. Negociado por € 9 milhões com os gregos (quase R$27 milhões), o jovem foi a maior venda da história do Canindé. Flamengo, em 2010, e Santos, em 2011, foram os outros clubes que o atleta defendeu em sua carreira.              

Sem mais artigos