O sérvio Novak Dojokovic se tornou o primeiro semifinalista do torneio de tênis de Wimbledon ao vencer nesta quarta-feira o australiano Bernard Tomic, uma das grandes surpresas da competição em 2011 por ter eliminado, entre outros, o sueco Robin Soderling, cabeça de chave número cinco.

O sérvio precisou de pouco mais de duas horas e meia para superar o jovem tenista de 18 anos com um triunfo por 3 sets a 1, com parciais de 6-2, 3-6, 6-3 e 7-5, e agora está a uma vitória de ultrapassar o espanhol Rafael Nadal e alcançar o topo do ranking mundial.

Mesmo com a derrota, Tomic entrou para a história de Wimbledon como o tenista mais jovem a alcançar as quartas na “grama sagrada” nos últimos 25 anos, com 18 anos e 255 dias. Em 1986, o alemão Boris Becker conseguiu o feito com a mesma idade.

Nas semifinais, Djokovic terá pela frente o francês Jo-Wilfried Tsonga, que conseguiu uma incrível vitória de virada sobre o suíço Roger Federer, hexacampeão do torneio. Depois de perder os dois primeiros sets, o cabeça de chave número 12 reagiu e venceu por 3 a 2, com parciais de 3-6, 6-7(3), 6-4, 6-4 e 6-4.

Djokovic espanta zebra australiana e chega às semifinais de Wimbledon

Sem mais artigos