O tenista sérvio Novak Djokovic o suíço Roger Federer por 2 sets a 1 neste sábado, com parciais de 6-3, 3-6 e 6-2, garantiu o segundo lugar do ranking da ATP, ultrapassando o adversário, e avançou à final do Masters 1000 de Indian Wells (EUA), na qual enfrentará o espanhol Rafael Nadal.

Em 2h06min, o atual número três do mundo se classificou para tentar seu segundo título da competição, a qual venceu em 2008.

O sérvio conseguiu uma quebra de saque para fazer 3-2 no primeiro set após salvar dois break points e fez o mesmo no momento decisivo para fazer 6-3 em 44 minutos.

O suíço se recuperou rapidamente e obteve uma quebra de vantagem e fez 2-1 na segunda parcial. Depois, manteve a segurança em seu serviço e acabou por triunfar por 6-3 e fazer 1 a 1 no jogo.

No set decisivo, os dois tenistas mostraram que estão em um nível de jogo muito parecido, mas Djokovic, com muitas bolas rente à linha, surpreendeu logo no começo e abriu 2-0.

A pressão por fechar o confronto, porém, caiu momentaneamente sobre os ombros do sérvio, que atirou a raquete ao chão quando o placar apontava 2-2 e 15-30 para Federer.

Mas aí o sérvio se recuperou, venceu esse game e os três seguintes, fechou o jogo e alcançou sua 19ª vitória seguida. O suíço, por sua vez, somou o terceiro revés, todos para o mesmo algoz.

Sem mais artigos