<br/>

O treinador Dunga explicou os nomes escolhidos para os amistosos que a seleção brasileira fará no começo de junho.

Sobre a convocação de Kaká e Ronaldinho Gaúcho, que não vão à Copa América, Dunga disse que ele precisa formar uma base na seleção, portanto precisa de seus dois principais atletas.

"Decidi convocá-los para os amistosos porque não terei tempo para treinar e preciso de uma base. Depois para a Copa América o tempo de preparação será maior", afirma Dunga.

Sobre a chamada de jogadores que estão jogando em países com futebol de menor divulgação, como Rússia e Holanda, Dunga explicou que graças ao avanço da internet e velocidade dos meios de comunicação, é possível ver jogadores em países que antes eram desconhecidos do mundo do futebol. Afonso, artilheiro do Campeonato Holandês, e Jô, muito bem na Rússia, são exemplos.

Dunga ainda disse que nenhum jogador é carta fora do baralho. A não convocação de alguns se deve a contusão ou falta de uma seqüência de jogos, o caso de Ronaldo Fênomeno. Mas ele avisa que o futebol é muito dinânimico e pode convocá-lo em um futuro próximo.

"Nunca falei que o Ronaldo é carta fora do baralho. Vai depender do seu rendimento, da sua continualidade. Se ele está machucado não posso convocar. A seleção não pode depender só de um nome. E nunca vou falar que um jogador está fora da seleção", avisa o treinador

<b>Veja a convocação:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=18406>Seleção brasileira convocada para amistosos!</a></b>

Sem mais artigos