Longe dos gramados por conta de uma grave lesão muscular e com retorno previsto apenas para 2014, o argentino Lionel Messi aproveitou o tempo livre e, ao ser entrevistado no programa El món a RAC1, expressou seu descontentamento com Javier Faus, vice de finanças do Barcelona, após ele especular que o jogador estaria brigando para ter um aumento salarial. Além de desmentir o suposto pedido, o craque ainda aproveitou para criticar o dirigente.

“O senhor Faus é uma pessoa que não sabe nada de futebol e quer comandar o Barcelona como se fosse uma empresa, e não é. O Barcelona é uma das maiores equipes do mundo e deve ser representado pelos melhores dirigentes também. E quero lembrar que nem eu, nem ninguém de minha parte, nunca pediu aumento ou renovação, e ele sabe disso muito bem”, disparou o camisa 10.

Outro assunto abordado por Messi foi a polêmica criada pela imprensa espanhola a respeito dos amistosos beneficentes promovidos por sua fundação. Categórico, Messi ressaltou estar totalmente focado em seu retorno aos gramados.

“Estou mentalizado em minha recuperação e não penso em outra coisa. Minha intenção é me recuperar ao máximo fisicamente. Não li nada. Minha família me falou um pouco sobre o que estão dizendo, e lamento profundamente, não apenas por mim, mas pelas pessoas que eu amo, como meu pai ou os jogadores que são meus amigos. Tudo o que fazemos nestas festas é cem por cento beneficente”, enfatizou o astro do Barça.

 

Sem mais artigos