A 36ª rodada do Campeonato Brasileiro pode não ter tido muita emoção para o torcedor dos três grandes paulistas que estão na disputa, mas pelo menos deu a certeza de que nenhum será rebaixado. Com duas rodadas para o fim, Santos, Corinthians e São Paulo não têm mais chance de descenso. Nota importante é o recorde batido por Rogério Ceni, que se tornou o jogador profissional que mais defendeu o mesmo clube no futebol mundial.

O Santos recebeu o ameaçado Fluminense em Presidente Prudente e, com gol de Thiago Ribeiro, venceu por 1 a 0. Pelo menos, o Peixe jogou bem, não deixou os cariocas jogarem, mesmo porque estes n~çao apresentaram muita vontade, tendo no goleiro Diego Cavalieri seu único destaque.

Já o Corinthians foi até o Rio de Janeiro e, no Maracanã, foi derrotado pelo Flamengo com o mesmo placar do jogo acima. Quem marcou foi o atacante Paulinho, em um belo chute de longe. Sem marcar gols em mais uma partida, pelo menos o time do técnico Tite viu em Emerson Sheik uma boa opção, com muita movimentação e vontade.

No outro e último duelo entre paulistas e cariocas, O São Paulo não passou de um empate com o Botafogo no Morumbi. O resultado de 1 a 1 foi construído com gol logo no início do atacante Aloísio; a igualdade veio aos 27 da mesma metade, com Elias. Neste jogo, como o goleiro Rogério Ceni atuava pela 1.117ª vez, usou a camisa 10 e foi ovacionado pela torcida pelo recorde batido.

Em dia de recorde de Rogério, só Santos vence em rodada ruim para grandes paulistas

Sem mais artigos