<br/>
Ele foi um dos principais responsáveis pelas conquistas da Portuguesa no último ano. Diogo, 20 anos, é a revelação e promessa da Lusa para 2008, e segundo o presidente do clube ele só sai por uma quantia muito alta.

Feliz na Portuguesa e com um contrato até 2009, o meia-atacante revela em uma entrevista exclusiva ao <b>Virgula</b> que não existe a palavra nunca no mundo do futebol e conta sua maior vontade: “Eu tenho um sonho particular de jogar na Europa”. Quanto às especulações de outros clubes brasileiros o atacante revela. “Não existe apalavra nunca no futebol porque pode acontecer de tudo. Mas eu tenho contrato com a portuguesa até 2009 e estou muito feliz aqui.”

Apontado como o grande destaque e um dos ídolos da torcida, Diogo desconversa e diz que os méritos são todos do elenco. “Eu faço parte de um grupo todo que vai ficar na história da Portuguesa. Faço parte de um time aguerrido, onde a união foi o segredo fundamental. Esse grupo vai ficar marcado na história.” Outro nome lembrado pelo jogador foi o do treinador Benazzi: “Ele chegou ano passado pra evitar que o time caísse pra série C, conseguiu e com um ótimo trabalho esse ano subimos nas duas competições. Ele brinca na hora certa e que cobra na hora que tem que cobra.”.

O atacante foi convocado para a seleção pré-olímpica e diz que vai lutar por uma vaga na principal. “Tudo depende do momento, do pessoal que esteja jogando. Tenho objetivo na minha vida, mas claro que respeitando os outros e os que jogam na principal. Estou começando uma carreira agora, mas sempre eu vou brigar pelo meu espaço”.

Para encerrar perguntamos ao craque se ele sabia alguma piada daquelas de Manoel, Maria ou Joaquim. Aos risos, Diogo desconversou: “Prefiro não contar”.

<b><a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/gatorade_esporte/nota.php?ID=22402> Manuel da Lupa em entrevista ao <b>Virgula</b> conta como reergueu a Lusa</a>

Sem mais artigos