Uma das maiores transações da última janela de transferências na Europa foi a ida do ex-corinthiano Willian para o Anzhi Makhachkala, da Rússia. O valor do negócio foi € 35 milhões, valor da cláusula de rescisão de seu contrato com o Shakhtar Donetsk da Ucrânia, onde foi o destaque na fase de grupos da Liga dos Campeões, com quatro gols e três assistências.

“Eu passei cinco anos e meio em Donetsk. Conheci grandes pessoas e fiz grandes relações com o elenco. Ganhamos diversos títulos e desejo sucesso aos meus antigos companheiros. Agora, é tempo de um passo à frente na minha carreira”, declarou o meio-campista ao site do clube.

E completou: “Estou feliz por estar com o Anzhi. É um clube com uma infraestrutura séria e grandes objetivos. Temos um time forte, treinado por um dos melhores técnicos do mundo. Estou sinceramente contente por me tornar jogador do Anzhi”.

O Anzhi é o vice-líder do Campeonato Russo e está na disputa da Liga Europa, onde enfrentará o Hannover 96.

Sem mais artigos