<br>
O casamento entre Gustavo Nery e o Fluminense chegou afim nesta segunda-feira. O lateral-esquerdo não vinha sendo aproveitado pelo técnico Renato Gaúcho e pediu para sair.

Segundo o coordenador-técnico do Flu, Branco, a rescisão foi amigável. "Eu apostava no Gustavo Nery, mas ele estava se sentindo prejudicado porque não estava jogando. A contratação não foi um tiro no escuro porque sei que ele é um bom jogador", explicou.

Com a saída de Nery, que teria proposta de outro clube brasileiro, o Fluminense volta seus olhos para o mercado. "Vamos conversar com Renato. Agora temos uma vaga em aberto no time por causa da Libertadores. Vamos ver o que é possível fazer para trazer um reforço", disse Branco, referindo-se ao técnico Renato Gaúcho.

O ex-corintiano alegou o pouco aproveitamento de seu futebol pela comissão técnica e o fato de não estar se sentindo "à vontade" nas Laranjeiras para sair. Quem pode pintar em seu lugar é o ex-santista Léo, atualmente no Benfica.

<b>LEIA TAMBÉM:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=24744>Artilheiro do Flu admite que mentiu para jogar</a>

Sem mais artigos