Sonhando em defender a seleção de Portugal num futuro próximo, o goleiro brasileiro Vagner, ex-Atlético-PR, Ituano e titular do Estoril há cinco temporadas, deu início ao processo de naturalização. Em entrevista ao jornal português O Jogo, o paranaense deixou claro que sua atitude é uma espécie de gratidão a tudo que o país fez por ele.

“Não é oportunismo. Se um dia tiver a possibilidade de jogar pela seleção de Portugal, cumprirei um sonho”, comentou o jogador de 27 anos, que poderá ser convocado pelo técnico Paulo Bento assim que o processo de naturalização ser finalizado, o que está previsto para acontecer até o fim do ano.

“Um jogador brasileiro a quem Portugal deu tudo vai desenvolver um sentimento de gratidão eterna. Pessoalmente, estou eternamente grato ao país pelo fato de ter me recebido bem e proporcionado condições para desenvolver minhas capacidades”, disse Vagner, que mesmo antes da oficialização já começa sua campanha para ser companheiro de Cristiano Ronaldo. “Assim que tiver a nacionalidade portuguesa, estarei em condições de ser convocado e vou lutar por isso. Aliás, já me sinto bem português, porque adoro esse país e sinto que também gostam de mim”, completou o goleiro.

Campeão da Segunda Divisão de Portugal em 2012 com o Estoril, Vagner ajudou o time a conquistar o quinto lugar na última temporada, dando a inédita vaga à Liga Europa de 2013/14.

Ex-goleiro do Atlético-PR busca naturalização portuguesa e almeja seleção

Sem mais artigos