<br>O zagueiro Fábio Ferreira foi a vítima da torcida do Corinthians na reapresentação do elenco nesta quinta-feira. Cerca de 200 torcedores foram ao Parque São Jorge e não perdoaram o jogador que estava no elenco rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro e que, dias depois, foi acusado de promover festinhas, ao lado de Zelão, em seu apartamento na zona leste.

Que Paulistão, que nada! A idéia fixa da torcida do Corinthians é o retorno à Primeira Divisão do Brasileirão. Além das ofensas a Fábio Ferreira, xingado de "cachaceiro", "pinguço" e "baladeiro" pelos torcedores, os gritos pediam para os atletas se empenharem e levarem o time de volta à Série A. Não houve qualquer tipo de tumulto, no entanto.

A Fiel está levando à risca, pelo menos por enquanto, o slogan "Eu Nunca Vou Te Abandonar", lançado após o rebaixamento pelo Departamento de Marketing do clube. Não deixa o time, mas elege quem pretende caçar por todo o ano.

Já o novo técnico do Timão, Mano Menezes, revelou em entrevista coletiva que está conversando com Fábio para que ele mude de postura. “Nós confiamos no jogador e ele vai responder à nossa confiança”, disse o treinador, que deu uma chance ao atleta de mudar para ficar no elenco.

<b>LEIA MAIS:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=22601>Entenda por que o Timão caiu para a Segunda Divisão do Brasileiro</a>

Sem mais artigos