<br>
Afastado do elenco do São Paulo após uma briga com o meia Carlos Alberto, o volante Fábio Santos deverá ser reintegrado ao time de Muricy Ramalho. O perdão ao jogador foi pedido pelo goleiro Rogério Ceni e uma comissão de jogadores, ontem, no vestiário após o jogo contra o Palmeiras, ao presidente Juvenal Juvêncio.

Para ser perdoado, o volante escreverá uma carta demonstrando arrependimento que será avaliada pelo presidente. A volta de Fábio Santos depende, também, do aval do técnico Muricy Ramalho, que já declarou ser favorável ao retorno do atleta.

A carta com o pedido de perdão deve chegar às mãos de Juvenal Juvêncio ainda nesta segunda-feira.

Um dos motivos para a volta de Fábio deve ser a escassez de volantes na equipe tricolor. Richarlyson e Zé Luis estão suspensos para o próximo jogo no Palestra, tendo Muricy apenas Hernanes para a posição, que conta com duas vagas no esquema são-paulino. Tirando esses quatro jogadores, não há nenhum outro, nem das categorias de base, no elenco profissional do time do Morumbi.

LEIA MAIS
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=24739>Após gol de mão, jornal italiano destaca ‘super-Adriano’

Sem mais artigos