Recheado de desfalques, o Flamengo chegou a abrir 3 a 0 sobre o Olímpia, do Paraguai, na noite desta quinta-feira, no Engenhão, mas permitiu o empate em 3 a 3 aos 44 minutos da etapa final e desperdiçou a chance de abrir vantagem na liderança do grupo 2 da Taça Libertadores.

O jogo parecia definido após o time carioca fazer 3 a 0, mas os paraguaios não se entregaram e descontaram para 3 a 2. Aos 40 minutos do segundo tempo, Paulo Victor fez linda defesa e impediu o empate. Quatro minutos depois, não teve jeito: Marín recebeu sozinho na esquerda e fuzilou no canto, sem chances para o goleiro rubro-negro.

Vale lembrar que o Flamengo não pôde contar nesta quinta-feira com Airton, Willians, Renato Léo Moura, Camacho e o goleiro Felipe.

O time carioca agora tem cinco pontos, um à frente do Lanús, da Argentina, e do próprio Olímpia. O Emelec, do Equador, soma apenas três.

Na quarta rodada, que será disputada no dia 28, Flamengo e Olímpia têm novo encontro marcado, mas desta vez no Paraguai. Emelec e Lanús jogarão uma semana antes, no Equador.

Sem mais artigos