O Governo do Estado de São Paulo apresentou na noite da última quarta-feira (09) no Museu do Futebol, no localizado no Estádio Pacaembu, um guia de circuitos turísticos para promover o estado durante a Copa do Mundo.

As praias paradisíacas, os locais históricos, a variedade gastronômica e outras opções de passeios para os turistas, como os circuitos em trilha e a prática de esportes radicais, foram compilados em uma guia especial para os turistas do Mundial.

A publicação de 236 páginas, intitulada Roteiros Paulistas, apresenta 55 opções de circuitos em 49 cidades selecionadas pelo governo através do Comitê Paulista da Copa e da Secretaria de Turismo.

As propostas de passeios vão desde a visita ao centro histórico do porto de Santos até a sofisticação de Campos do Jordão.

Segundo o governador Geraldo Alckmin, São Paulo receberá 300 mil estrangeiros de um total de 1,2 milhões de turistas que são esperados no Mundial.

“Os brasileiros de São Paulo vão receber 15 seleções, que escolheram o estado para ficar. Temos um DNA cosmopolita, de gente com origem nos quatro pontos cardeais do país e do mundo e isso faz o estrangeiro sentir-se em casa”, destacou Alckmin.

O guia está disponível em português, inglês e espanhol e buscou reunir passeios que não ultrapassem uma distância de 300 quilômetros da capital, sede de seis jogos da Copa, entre eles o de abertura entre Brasil e Croácia.

A ideia, de acordo com a coordenadora executiva do Comitê Paulista da Copa, Raquel Verdenacci, é “ajudar o visitante a organizar sua viagem ao estado durante e depois do Mundial”, com uma “estratégia de promoção de uma parte surpreendente do estado que muita gente não conhece”.

Atualmente, São Paulo é o estado que mais recebe turistas no Brasil, com cerca de 50 milhões de visitantes e a capital foi eleita recentemente como melhor destino dentro do Brasil, com 13 milhões.

“Com esta guia, em três idiomas, vamos aproveitar a Copa do Mundo e incentivar ainda mais o turismo e a atividade econômica, como estamos fazendo com outros programas” declarou o secretário estadual de Turismo, Cláudio Valverde.

Sem mais artigos