O Defensor é mesmo muito forte dentro de casa. Depois de fazer 3 a 0 no Flamengo, pelas oitavas-de-final, a equipe uruguaia venceu o Grêmio por 2 a 0, nesta quarta-feira, pelas quartas-de-final da Copa Libertadores. O próximo jogo acontece daqui a
uma semana, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre.

O primeiro tempo mal havia começado e, com 1 minuto de jogo, Sorondo cabeceou e abriu o placar para o Defensor. O Grêmio encontrava muitas dificuldades. O meio de campo da equipe gaúcha não conseguia ficar com a bola. Tcheco foi muito bem
marcado, e o ataque gremista tinha de buscar a bola. Carlos Eduardo e Tuta tiveram apenas uma chance cada um, mas não chegaram a assustar os uruguaios.

O domínio era tanto que, após falha de Saja, o Defensor fez o segundo em uma cabeçada certeira de Martinez.

No segundo tempo, a equipe brasileira voltou melhor. Patrício, Diego Souza e Tcheco arriscaram algumas jogadas, que pararam nas mãos do goleiro Martin. Em cabeçada, o meia Tcheco quase fez o primeiro do Grêmio, mas o goleiro do Defensor não deixou.

Aos 30 minutos, Carlos Eduardo deu lugar a Éverton. Mesmo assim, o Grêmio continuou nervoso e sem criar lances efetivos.

A vitória do Defensor dá ao time a possibilidade de perder por 1 a 0 e mesmo assim chegar às semifinais. Se a equipe uruguaia fizer um gol, os gremistas terão de fazer 4. Empate em 2 a 2 leva aos pênaltis.

Sem mais artigos