A manhã deste domingo (16) transformou um peruano no novo herói de uma nação. Depois de garantir a vitória sobre o Al Ahly, na semifinal, Paolo Guerrero fez o único gol da decisão contra o Chelsea e o Corinthians conquistou o bicampeonato do Mundial de Clubes da Fifa, em jogo realizado no Estádio Internacional de Yokohama. 

Depois de um primeiro tempo aberto, que terminou com um sufoco do time inglês sobre os corintianos, o Timão equilibrou o jogo e contou com defesas milagrosas de Cássio para se tornar o melhor time do mundo em 2012.

Equilíbrio no começo, pressão antes do intervalo

A primeira grande chance do jogo veio logo aos 10 minutos para o Chelsea. Depois de uma cobrança de escanteio, Cahill tentou primeiro de cabeça e depois com um chute na pequena área, mas Cássio fez uma defesa milagrosa.

Após o susto, o Corinthians melhorou na partida e teve duas boas oportunidades de contra-ataque, mas não conseguiu concluir em gol. Aos 28 minutos, Guerrero deixou Emerson na cara do gol, que preferiu chutar de fora da área e mandou por cima da trave. 

O melhor ataque do Timão veio seis minutos depois, com Sheik novamente. Depois de um chute cruzado de Guerrero, Emerson arriscou sem ângulo e a boa acertou a parte lateral da trave direita de Peter Cech. 

Os minutos finais do primeiro tempo foram de amplo domínio do Chelsea, que só não marcou por causa de Cássio. Fernando Torres, Moses e Mata tiveram grandes chances de gol, mas o gigante corintiano manteve o 0 a 0 até o intervalo.

Guerrero marca e Corinthians anula os Blues

A segunda etapa começou com Hazard dando trabalho para Cássio, que fez boa defesa aos oito minutos. Com 18, Paulinho recebeu de Guerrero e assustou Cech.

Com o jogo muito mais equilibrado, o Corinthians chegou ao primeiro gol. Paulinho invadiu a área e cortou para a esquerda, onde encontrou Danilo, que trouxe para a perna direito e chutou para o gol. A bola desviou em Cahill e encontrou Guerrero livre na área, que teve a calma para cabecear para o fundo do gol. No momento da definição, haviam três jogadores do Chelsea na linha das traves para tentarem evitar o gol.

Com o placar adverso, Rafa Benítez promoveu as entradas de Oscar e Azpilicueta nos lugares de Moses e Ivanonic, respectivamente. Aos 40 minutos, Fernando Torres teve a chance de empatar, mas Cássio, de novo, evitou o gol dos ingleses.

Depois da saída de Guerrero para a entrada de Martínez e Marín no lugar de Hazard, o zagueiro Cahill atingiu Emerson no centro do gramado e foi expulso de campo. Dois minutos depois, os 30 milhões de corintianos levaram um susto: Torres finalmente venceu Cássio e empurrou para a rede. Para a sorte dos brasileiros, o atacante estava impedido e o gol foi anulado.

Aos 49 minutos de jogo, o árbitro ergueu os braços e os corintianos correram para a festa. Este é o segundo título mundial do Corinthians, que também foi campeão em 2000 ao derrotar o Vasco na final. 

Guerrero decide, Cássio salva, e Corinthians conquista o bi mundial sobre o Chelsea

Sem mais artigos