Jogadores que deixaram o futebol e ingressaram na política

O velho Vamp foi simplesmente o cara que criou o apelido
Bebeto, habilidoso atacante que defendeu a seleção, agora se arrisca com condidato a deputado-federal

A tarde na última terça-feira (18) ficou marcada com o início do horário eleitoral gratuito nas programações de rádios e televisões em todo o cenário nacional. Só que além dos tradicionais e clássicos políticos  que sempre aparecem, a grande atração da vez é a presença de jogadores de futebol durante a programação.

Seguindo os exemplos de Ademir da Guia, Biro-Biro e tantos outros, craques consagrados do cenário nacional, como Romário, Bebeto e Marcelinho Carioca, resolveram deixar os gramados e se arriscarem nas Câmaras e Congressos.

Horário eleitoral começa com "tom esportivo"; veja os jogadores que ingressaram na política

Sem mais artigos