Segundo notícia do jornal russo Izvestia desta segunda-feira (16), o atacante Hulk teve uma reunião com a administração do Zenit São Petersburgo para que este não dificulte sua saída do clube durante a janela de transferências de verão na Europa, que se abre em janeiro.

O Chelsea “namora” já há alguns meses o atacante da Seleção Brasileira e sempre pinta como um dos principais favoritos para levar o atleta de 27 anos à Premier League.

Seu agente, Teodoro Fonseca, tratou de não dar pano para a manga e relatou à publicação que não há nenhum tipo de problema entre jogador e clube, mas não quis comentar o pedido feito por seu cliente.

“Sem dúvida que um jogador do nível dele interessa a outros clubes europeus. E, claro, como qualquer profissional, Hulk certamente gostaria de alavancar a sua carreira em uma liga top da Europa”, disse Fonseca.

Com contrato até junho de 2017, o atacante é o jogador mais caro da história do futebol russo, tendo custado € 50 milhões há um ano e meio, quando saiu do Porto. Na Rússia, ele fez 23 gols e deu 19 assistências em 52 jogos.

Com Samuel Eto’o, Demba Ba e Fernando Torres na função mas em má fase (somente cinco gols do trio em todo o campeonato inglês), o técnico José Mourinho veria com bons olhos a saída dos dois últimos citados, o que abriria espaço para a vinda do brasileiro. Os Blues acompanham de perto a situação para investir no negócio assim que possível, segundo o site do jornal inglês Metro desta mesma segunda-feira.

Sem mais artigos