A polícia australiana deteve o ex-nadador olímpico Ian Thorpe enquanto ele perambulava perto da casa de seus pais no sul de Sydney e mais tarde o levou a um hospital para uma avaliação médica, informaram nesta segunda-feira (03) veículos de imprensa locais.

Os motivos da detenção não foram detalhados, mas, segundo a emissora local ABC, Thorpe, ganhador de cinco medalhas olímpicas de ouro, estava perturbado e desorientado.

A polícia australiana divulgou que não foi apresentada nenhuma queixa oficial contra Thorpe e não são previstas outras ações contra ele, acrescentou a fonte.

Na semana passada, os veículos australianos informaram que Thorpe havia sido internado em um hospital particular de Sydney para se tratar de problemas de depressão e abuso de álcool, mas seu representante negou dizendo que seria para uma cirurgia no ombro.

Após suas vitórias nos Jogos de Sydney 2000 e Atenas 2004, Thorpe retornou às piscinas em 2011 após se aposentar da competição desde novembro de 2006.

O nadador, um dos australianos mais premiados no mundo do esporte, tentou participar dos Jogos de Londres, mas não conseguiu se classificar.

Thorpe, que voltou a Sydney para passar as festas de fim de ano com seus pais após morar 18 meses na Suíça, já havia sofrido de depressão e alcoolismo como ele mesmo reconheceu em sua biografia publicada há dois anos.

Além das cinco medalhas de ouro, três na Austrália e duas na Grécia, também conquistou três de prata e uma de bronze durante suas competições em jogos olímpicos.

Thorpe se tornou o primeiro nadador a ganhar seis medalhas de ouro em um mesmo mundial de natação (Fukuoka 2001).

Sem mais artigos