A quarta rodada do Campeonato Paulista trouxe o primeiro clássico do ano nesta quarta-feira (29), só que na o pareceu ser um jogo de mais de 100 anos de história. O Santos recebeu o Corinthians e não teve dó, goleou por 5 a 1 e mostrou estar em um condicionamento extraterreno em comparação ao rival. O São Paulo mostrou o melhor ataque da competição e, no Morumbi, goleou o Rio Claro por 6 a 3, com hat-trick de Luís Fabiano.

Arouca foi o nome santista na primeira etapa do clássico. O volante apresentou o futebol que dele todos têm saudade e comandou o time. Foi ele quem abriu o placar, deu assistência ao segundo gol e iniciou a jogada do terceiro, que, até aquele momento do jogo, ninguém poderia imaginar que acabaria com placar tão dilatado.

Após bate-rabate na área, Arouca pegou de fora da área e abriu o placar. Isso aos 12 minutos. Dez minutos depois, Gabriel aproveitou cruzamento do inspirado camisa 5 e, de cabeça, marcou. Quem acreditava ali numa goleada, logo repensou. Dois minutos depois, Guilherme diminuiu em um chute forte de fora da área. O Timão ainda reclamou de um pênalti no final da primeira etapa, irritando muito o protagonista do lance, Paolo Guerrero.

O segundo tempo teve já teve outro gol santista. Arouca começou a jogada, colocou na frente para Gabriel que cruzou na área e Thiago Ribeiro fez o terceiro com tranqüilidade, aos dois minutos.

O Santos continuava com a bola e o atual campeão paulista sobrevivia de lampejos. Como na cabeçada de Guerrero milagrosamente salva pelo goleiro Aranha. Mas quem teve inspiração foi novamente o alvinegro praiano.

Geuvânio colocou na frente pela direita e não houve quem parasse o camisa 10. Bruno Peres, que entrara na lateral direita no lugar do chileno Mena, concluiu aos 17 no canto direito de Walter, que não teve culpa em nenhum dos gols.

A torcida já gritava olé no passeio do Santos. Só que teve mais. Aos 32, Thiago Ribeiro fechou o placar com jogada pela esquerda. O atacante passou fácil por Guilherme e tocou rasteiro na saída do goleiro.

Tricolor faz meia dúzia, mas toma três

No Morumbi, outro jogo cheio de gols. Os 6 a 3 do São Paulo sobre o Rio Claro teve triplete de Luís Fabiano, que agora igualou França entre os maiores artilheiros da história do clube, com 182 gols.

O camisa 9 fez os três primeiros do confronto. No primeiro, pegou sobra de Osvaldo que o goleiro espalmou para frente e estufou as redes. O segundo, foi típico de sua trajetória: após ótimo passe (de Ganso), colocou na frente tirando o goleiro e bateu cruzado. No terceiro, aproveitou bom passe de Osvaldo e bateu forte, no canto. Isso tudo aos 11, 16 e 28 minutos.

O Rio Claro, dono de campanha irregular, não ameaçava e a qualidade técnica do tricolor foi evidente. Aos 11 da segunda etapa, Álvaro Pereira, liberado para ir ao ataque pelo técnico Muricy Ramalho, achou Ademílson na área para ampliar o marcador: 4 a 0.

Os garotos Boschilia e Ewerton entraram para ganhar ritmo de jogo, mas não tiveram culpa no gol do Rio Claro, que saiu aos 25, com gol contra do lateral uruguaio. Mas 10 minutos depois, veio o quinto, com o mesmo Ewerton, de cabeça, Outro do time do interior, aos 46. E, para fechar, o zagueiro-artilheiro Antônio Carlos deu números finais aos 48.

Próximos jogos

O Santos tentará manter o ímpeto, novamente na Vila, contra o Botafogo, no sábado (01), às 19h30. Dia seguinte, o Corinthians tentará a recuperação após duas derrotas seguidas em Campinas contra a Ponte Preta, às 17h – mesmo dia e horário do Choque-Rei, o segundo clássico do torneio: o Palmeiras será o mandante no Pacaembu contra o São Paulo.

Veja os jogos da quarta rodada do Campeonato Paulista:

Terça-feira (28):
19h30 – São Bernardo 0 x 1 Audax

Quarta-feira (29):
17h00 – Paulista 2 x 3 Ituano
17h00 – Mogi Mirim 3 x 3 Atlético Sorocaba
19h30 – Portuguesa 1 x 2 Botafogo
19h30 – Linense 1 x 0 Bragantino
19h30 – Oeste 1 x 1 Comercial
22h00 – Santos 5 x 1 Corinthians
22h00 – São Paulo 6 x 3 Rio Claro

Quinta-feira (30):
19h30 – Palmeiras x Penapolense
21h00 – XV Piracicaba x Ponte Preta

Sem mais artigos