A goleada da Argentina sobre a Espanha (4 a 1) em amistoso realizado ontem recebe grande destaque nesta quarta-feira nos principais jornais de Buenos Aires.

O maior alvo dos elogios é o atacante Lionel Messi, autor de um belo gol que abriu o placar no estádio Monumental de Núñez. Além disso, alguns diários aproveitaram para provocar os espanhóis, atuais campeões do mundo, que não jogaram com vários de seus habituais titulares.

“Espanha, por favor, devolva a Copa”, diz o jornal “Crónica”, para o qual a Argentina deixou a ‘Fúria’ “de joelhos”.

O “Clarín”, por sua vez, também faz elogios ao técnico interino Sergio Batista, que deverá ser efetivado como sucessor de Diego Maradona.

“Quase com os mesmos nomes dirigidos por Maradona, a equipe se mostrou sólida e terminou aplaudida. A Espanha foi apenas uma sombra da seleção campeã da África do Sul”, diz o jornal.

O quase sempre provocativo diário esportivo “Olé” diz que a equipe espanhola “foi humilhada” e lembra o fato de ter sofrido quatro gols em uma mesma partida pela primeira vez em dez anos.

Já o “La Nación” destaca que Messi teve um “reencontro afetivo” com os torcedores argentinos, e “já começa a sentir o carinho de todos”.

“Na renovada seleção argentina, Messi se sente mais à vontade. Com mais jogo fluido e dinâmico, como acontece no Barcelona”, explicou.

Imprensa argentina aplaude "brilho" de Messi em vitória sobre Espanha

Sem mais artigos