Os ingressos para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, serão colocados à venda no dia 15 de março, anunciou neste sábado o presidente do comitê organizador, Sebastian Coe.

Os torcedores terão seis semanas – até dia 26 de abril – para adquirir uma das 6,6 milhões de entradas que deverão ser vendidas para o público geral.

“Em 15 de março, o processo de vendas será aberto para quem quiser fazer parte de um dos maiores eventos do planeta”, disse Coe em comunicado.

A solicitação para adquirir um ingresso deve ser feita através do site www.tickets.london2012.com, onde também será possível encontrar todas as informações necessárias para concluir o processo de compra com sucesso.

“É simples, basta assinalar uma data no calendário e se inscrever na página para receber todas as informações”, explicou o presidente do comitê organizador em um convite para que as pessoas participem do evento esportivo.

Na opinião de Coe, “esta é uma oportunidade única para ver os melhores atletas do mundo lutando pelo ouro no Reino Unido, uma oportunidade para que as pessoas assistam a seu esporte favorito e, quem sabe, alguns outros”.

No total, a organização dos Jogos ofertará 8,8 milhões de entradas, mas apenas 75% delas estarão disponíveis para os espectadores, os quais poderão escolher preços entre 22 euros e 2.292 euros.

Os ingressos mais caros incluirão o direito a presenciar a cerimônia de abertura, mas, com as mais acessíveis, é possível assistir, por exemplo, à final dos cem metros rasos, conforme foi anunciado em outubro.

Em fevereiro, serão conhecidos todos os detalhes sobre o processo de compra e o programa definitivo das 650 competições esportivas que integrarão os Jogos.

Coe confirmou, além disso, que o preço das entradas para os Jogos Paraolímpicos serão revelados em maio, enquanto as vendas serão feitas a partir de setembro.

Depois dos 90 minutos de jogo, o que se ouvia no Pacaembu eram gritos de protesto da torcida palmeirense, como “Sou palmeirense e estou cansado de sofrer”.

Ingressos para Londres 2012 serão vendidos a partir de 15 de março

Sem mais artigos