Ao diário alemão Bild,  Arjen Robben revelou nesta sexta (07) que “não tem mais aonde crescer na carreira”, já que hoje é jogador do grande Bayern de Munique. Lembrando de duas de suas antigas camisas, o holandês não se fez de regrado.

“Não posso chegar mais alto. Quando se é jovem, você quer jogar num clube de maior dimensão, mas não há clube maior que o Bayern. Já joguei no Chelsea e no Real Madrid quando era jovem, mas agora represento o melhor clube do mundo e é impossível ir mais além”, disse o atacante.

Depois de passagens pelo Groningen e pelo PSV, de sua terra natal, foi contratado pelo Chelsea de José Mourinho em 2004. Sem se firmar, foi para o Real Madrid dois anos depois, onde também não apresentou o futebol que dele se esperava. Só a partir de 2009, quando iniciou sua carreira na Alemanha, explodiu no futebol.

“É bem provável que o Bayern seja o último clube da minha carreira. Temos uma equipe fantástica e sinto-me feliz aqui. O futuro deverá ser brilhante. Quero conquistar mais alguns títulos e o Bayern é o clube perfeito para conseguir isto”, espera o jogador.

Tendo completado 30 anos no último dia 23 e com contrato até 2015 no clube bávaro, Robben já espera uma renovação de seu vínculo.

“Ambas as partes querem renovar e só falta acertar alguns detalhes. Não há qualquer problema com o meu salário. Isso é um disparate”, aproveitou o holandês para acabar com qualquer polêmica sobre a quantia pedida.

Sem mais artigos