<br> A atleta da seleção brasileira e do Monteschiavo, da Itália, Jaqueline, foi condenada a nove meses de suspensão pelo escritório antidoping do Comitê Olímpico Nacional Italiano. Ela foi considerada responsável pelo uso da substância sibutramina, encontrada em moderadores de apetite e proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada, em inglês).

A decisão, no entanto, terá que ser também apoiada pela Federação Italiana de Vôlei (Fipav). Caso se concretize, a atleta está automaticamente fora da Copa do Mundo, que será disputada no Japão de 2 a 16 de novembro. Ela só voltaria às quadras em abril do próximo ano, três meses antes dos Jogos Olímpicos.

Jaqueline foi flagrada em um exame antidoping realizado em junho na final da Liga contra o Perugia e já cumpriu dois meses de suspensão.

<b>Veja também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=19541>Doping tira Jaqueline do vôlei do Pan 2007!</a>

Sem mais artigos