<br>A diretoria do Ferencvaros, da Hungria, mandou embora o atacante camaronês Edouard Ndjodo após a agressão a um torcedor que reclamava da atuação da equipe.

Segundo informações passadas por integrantes do Ferencvaros, a agressão aconteceu no vestiário do estádio do clube no último domingo, quando uma torcida organizada invadiu o local para protestar contra a má fase do time, que disputa atualmente a Segunda Divisão do país.

O Fenencvaros é o time de futebol mais popular do futebol húngaro e já venceu 28 vezes o campeonato nacional. Ndjodo, artilheiro do time com 12 gols, deve voltar à sua antiga equipe: o Honved, de Budapeste.

<b>LEIA TAMBÉM:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=25026>Palmeiras: desmanche à vista</a>

Sem mais artigos