Fim de ano, a falta de jogos, com o término do Campeonato Brasileiro, acaba esvaziando estádios pelo país inteiro. No entanto, Zico provou que mesmo fora da temporada, os gramados do Brasil podem estar cheios.

Com o “Jogo das Estrelas”, no Engenhão, o ídolo do Flamengo conseguiu colocar 23.290 pessoas no estádio. O número só é inferior a média de público de Corinthians e Ceará no Campeonato Brasileiro.

Comparada com a média dos cearenses, os números foram muito parecidos. A média do Alvinegro no Castelão foi de 23.467 pessoas por partida.

O único com grande vantagem em relação ao jogo beneficente foi o Corinthians que terminou o torneio nacional com média de 27.446.

Em relação ao campeão brasileiro, a média foi um pouco superior. O Fluminense teve, por jogo, 22.993 pessoas.

Além de Zico, a partida beneficente contou com estrelas do futebol brasileiro como Romário, Túlio, Andrade, Adílio, Renato Gaúcho, Vagner Love, Amoroso, entre outros.

Sem mais artigos