O meia inglês Steven Gerrard, do Liverpool, levou um grande susto na noite do último sábado (30), na porta de sua casa, antes da partida contra o Hull City, que terminou com derrota de sua equipe por 3 a 1. De acordo com informação do jornal britânico Daily Mirror, o jogador da seleção inglesa foi assaltado e agredido ao deixar seu carro em frente a sua residência.

Segundo a publicação, o agressor seguiu Gerrard até sua casa e esperou o meia do Liverpool estacionar sua Range Rover para dar a voz de assalto e agredí-lo. Além disso, o assaltante teria insultado o jogador e o ameaçado de morte, juntamente com sua Alex, de 31 anos, e suas três filhas, que estavam com ele no carro.

A polícia local, que atendeu o jogador após o assalto, relatou ao jornal que Steven Gerrard ficou em choque com o ocorrido com sua família. Porém, mesmo com o susto, o meia entrou em campo contra o Hull City e marcou o único gols do Liverpool na partida.

O Daily Mirror ainda destaca que o agressor do meia de 33 anos conseguiu fugir após a ação, mas que a polícia segue a procura do assaltante.

Com a derrota para o Hull City, fora de casa, o Liverpool permaneceu com 24 pontos e agora ocupa a quarta posição da Premier League, atrás do líder Arsenal e dos rivais Chelsea e Manchester City.

Sem mais artigos