Ele só tem 18 anos e mal acredita que recebeu um telefonema do técnico da Inglaterra. Luke Shaw, lateral esquerdo do Southampton foi convocado pela primeira vez na carreira pela defender a seleção de seu país. A emoção foi tanta que ele chorou ao saber que fora lembrado por Roy Hodgson.

“Estou muito orgulhoso. Ainda não consigo acreditar que isso está acontecendo. Para mim, ter 18 anos e ser chamado para a seleção principal é inacreditável. Eu ainda não consigo acreditar”, disse o defensor em vídeo publicado na conta oficial do YouTube do Southampton.

Ao chegar no centro de treinamento dos Saints, ele foi recebido por um abraço do técnico argentino Mauricio Pochettino (foto abaixo) e por seu auxiliar, Jesus Pérez (à direita na imagem), que também ficaram muito felizes com a notícia.

Shaw, que lutará por vaga contra os veteranos Leighton Baines (29 anos, do Everton) e Ashley Cole (33 anos, do Chelsea), tem moral com o treinador do English Team.

“Qualquer um que tenha visto ele jogar não pode negar que ele merece uma vaga (na seleção). Nós (da federação inglesa) acreditamos que ele é um talento promissor. Penso que é o momento certo. Ele é um jogador que quer brigar com Baines e Cole para ir ao Brasil”, disse Hodgson na coletiva de imprensa após a convocação, a última antes da lista final de jogadores para a disputa da Copa do Mundo.

A inglaterra jogará um amistoso contra a Dinamarca, na próxima quarta-feira (05), no estádio Wembley, em Londres.

Veja mais fotos da reação de Luke Shaw na galeria acima!

Sem mais artigos