César Azpilicueta, lateral do Chelsea, contou à imprensa a estratégia que o técnico José Mourinho usou com os jogadores antes da partida de volta com o Paris Saint-Germain, pela Liga dos Campeões, nessa terça-feira (08). Para reverter o placar de 3 a 1, o português disse aos seus comandados para que jogassem para divertir tanto a si próprios, quanto ao público.

“José Mourinho nos disse que estávamos eliminados e que, por isso, teríamos de aproveitar, dar tudo em campo e lutar até final para que os torcedores também se divertissem. É verdade que poderíamos estar eliminados, mas teríamos dado tudo e isso seria suficiente”, revelou o espanhol.

E realmente foi o bastante, já que os Blues conseguiram o segundo gol no final do segundo tempo, garantindo o 2 a 0 no placar e a classificação para as semifinais do torneio.

Daí se vê como o técnico consegue tirar o melhor de seus jogadores e também o porque que ele, Mourinho, agora é o treinador que mais chegou em semifinais de Liga dos Campeões da história, deixando Alex Ferguson, ex-Manchester United, para trás. Mou tem oito, contra sete dos escocês.

Até a maior estrela do rival da noite de ontem, Zlatan Ibrahimovic, que não jogou devido a uma lesão, fez questão de dar um abraço no português, logo após a partida.

Assista abaixo:

 

Sem mais artigos