<br>
A nova sensação da Vila Belmiro é o meia colombiano Molina. Porém, o garoto revelado pela categoria de base do Santos, Wesley, tem chamado a atenção do técnico Émerson Leão, que vê potencial para se tornar um Robinho no jogador.

Apesar de a torcida não gostar muito do atacante e até chegar a vaiá-lo em algumas partidas, Leão pensa que Wesley é a única revelação santista nos últimos dois anos que realmente tem um grande potencial. Nem os atacantes Thiago Luis e Alemão, sensações do time, possuem, na visão do treinador, a haiblidade do camisa sete santista.

"O Wesley ainda não é um Robinho. Mas tem qualidade para vir a ser. Vou cobrar dele o gol, como fiz com o outro (Robinho). Por enquanto, ele está sendo castrado ofensivamente para o bem do time e está funcionando perfeitamente", decalrou Leão em entrevista ao programa <i>Arena Sportv</i>.

LEIA MAIS
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=23902>Leão revela desejo de treinar equipe carioca

Sem mais artigos