Natural de Nova Friburgo, o lutador de MMA Edson Barboza marcou seu nome na história do UFC. Em lista que acaba de ser divulgada em comemoração pelos 20 anos da entidade, Barboza foi eleito o dono do terceiro maior nocaute da história do Ultimate Fighting Championship. A luta que garantiu o título ao friburguense foi realizada em 14 de janeiro de 2012, contra o britânico Terry Etim, e serviu para colocar o brasileiro entre os grandes do MMA mundial. O golpe certeiro, um chute rodado aplicado no queixo de Etim durante o terceiro round, foi escolhido o melhor nocaute daquela noite, e meses depois ganhou o posto de melhor do ano.

Satisfeito, o brasileiro comemora o fato de ter deixado sua marca no maior evento de MMA do mundo, ao lado de lendas como Anderson Silva e Chris Weidman, e com a ajuda de um golpe que, apesar de não fazer parte de seu treinamento habitual, era praticado por Barboza desde que o atleta se iniciou no muay thai, aos oito anos de idade.

A lista dos maiores nocautes do UFC conta ainda com outros atletas do estado do Rio de Janeiro: Gabriel Napão está em quarto lugar por nocautear Mirko Cro Cop, e Vitor Belfort ocupa a vigésima posição, relembrado pelo nocaute em cima de Wanderlei Silva.

Sem mais artigos